quinta-feira, 16 de maio de 2013

102 filmes para amantes de literatura brasileira


  • A Cartomante (2004) (baseado no conto de Machado de Assis)
  • A Causa Secreta (1994) (adaptação do conto homônimo de Machado de Assis)
  • A Dama da Lotação (1978) (da peça de Nelson Rodrigues)
  • A Estrela Sobe (1974) (do livro homônimo de Marques Rebelo)
  • A Falecida (1965) (baseado na peça de Nelson Rodrigues)
  • A Hora da Estrela (1985) (do livro de Clarice Lispector)
  • A Hora e a Vez de Augusto Matraga (1965) (bas. na obra de João Guimarães Rosa)
  • A Madona de Cedro (1968) (baseado no livro de Antônio Callado)
  • A Máquina (baseado no livro homônimo de Adriana Falcão)
  • A Marvada Carne (1985) (da obra de Carlos Alberto Sofredini)
  • A Moreninha (1971) (da obra de Joaquim Manuel de Macedo)
  • A Terceira margem do rio (1997) (baseado no livro "Primeiras Estórias", de João Guimarães Rosa)
  • A Vida dos Capitães de Areia (inspirado no livro "Capitães de Areia", de Jorge Amado)
  • Agosto (1993) (da obra de Rubem Fonseca)
  • Ana Terra (1972) (da obra de Érico Veríssimo)
  • As Confissões de Frei Abóbora (1971) (da obra de José Mauro de Vasconcelos)
  • As Meninas (1995) (da obra de Lygia Fagundes Telles)
  • As Três Marias (da obra de Rachel de Queiroz)
  • Azyllo muito Louco (1970) (adaptação livre do conto "O Alienista" de Machado de Assis)
  • Boca de Ouro (1962) (baseado na peça de Nelson Rodrigues)
  • Bonitinha mas Ordinária (1981) (da peça de Nelson Rodrigues)
  • Brás Cubas (1985) (do livro de Machado de Assis)
  • Capitu (1968) (da personagem do livro "Dom Casmurro"; de Machado de Assis)
  • Caramuru – a invenção do Brasil (2001) (do livro do Frei Santa Rita Durão)
  • Cristo de Lama (1968) (do livro homônimo de João Felício dos Santos. Vida e obra de Aleijadinho, escultor barroco)
  • Dom (2003) (inspirado em "Dom Casmurro", de Machado de Assis )
  • Dona Flor e seus Dois Maridos (1976) (do livro de Jorge Amado)
  • Engraçadinha (1981) (da obra de Nelson Rodrigues)
  • Enigma para Demônios (1974) (baseado no conto "Flor, telefone, moça"; de Carlos Drummond de Andrade)
  • Estrela Nua (1985) (baseado num conto de Clarice Lispector)
  • Faca de Dois gumes (1989) (baseado num conto de Fernando Sabino)
  • Feliz Ano Velho (1987) (do livro de Marcelo Rubens Paiva) (Em breve!)
  • Fogo Morto (1976) (bas. no livro de José Lins do Rego)
  • Gabriela (1983) (do livro de Jorge Amado)
  • Grande Sertão: Veredas (1964) (da obra de João Guimarães Rosa)
  • Guerra de Canudos (1997) (com José Wilker) (inspirado na obra Os Sertões de Euclides da Cunha)
  • Incidente em Antares (1994) (bas. obra de Érico Veríssimo)
  • Inocência (1983) (do livro de Visconde de Taunay)
  • Iracema, a Virgem dos lábios de mel (1979) (do livro de José de Alencar)
  • Jorge, um Brasileiro (1989) (bas. no romance de Oswaldo França Jr.)
  • Jubiabá (1983) (do livro de Jorge Amado)
  • Kuarup (1988) (bas. no romance "Quarup" de Antônio Callado)
  • Lavoura Arcaica (2001) (do livro de Raduan Nassar)
  • Lição de Amor (1976) (bas. na obra "Amar, Verbo Intransitivo", de Mário de Andrade)
  • Lisbela e o Prisioneiro (2003) (da obra de Osman Lins)
  • Lucíola, o Anjo pecador (1975) (do livro "Lucíola", de José de Alencar)
  • Luzia Homem (1984) (trechos do livro de Domingos Olímpio)
  • Macunaíma (1969) (do livro de Mário de Andrade)
  • Memorial de Maria Moura (1994) (do livro de Rachel de Queirós)
  • Memórias do Cárcere (partes I e II) (1984) (do livro de Graciliano Ramos)
  • Memórias Póstumas (2001) (da obra de Machado de Assis)
  • Menino de Engenho (bas. no livro de José Lins do Rego)
  • Meu Tio Matou um Cara (2005) (do livro de Jorge Furtado)
  • Morte e Vida Severina e Quincas Berro DÁgua (1977) (sobre o poema de João Cabral de Melo Neto e o livro "A Morte e a morte de Quincas Berro Dágua", de Jorge Amado)
  • Navalha na Carne (1997) (da obra de Plínio Marcos)
  • Noites do Sertão (1984) (da obra de João Guimarães Rosa)
  • O Auto da Compadecida (2000) (da obra de Ariano Suassuna)
  • O Beijo no Asfalto (1980) (da obra de Nelson Rodrigues)
  • O Boca do Inferno (1974) (sobre o poeta baiano Gregório de Matos)
  • O Bom Burguês (1982) (da obra de Oswaldo Caldeira)
  • O Caçador de Esmeralda (1979) (sobre o poema de Olavo Bilac. História de Fernão Dias)
  • O Casamento (1975) (apresentação Arnaldo Jabor. Baseado no romance de Nelson Rodrigues)
  • O Corpo (2001) (bas. no conto de Clarice Lispector)
  • O Cortiço (1978) (do livro de Aluísio Azevedo)
  • O Grande Mentecapto (1989) (bas. no livro de Fernando Sabino)
  • O Guarani (1996) (do livro de José de Alencar)
  • O Homem Nú (1997) (da obra de Fernando Sabino)
  • O Menino e o Vento (1966) (baseado no conto "O Iniciado do Vento", de Aníbal Machado)
  • O Meu Pé de Laranja Lima (1970) (da obra de José Mauro de Vasconcelos)
  • O Pagador de Promessas (1962) (da obra de Dias Gomes)
  • O Saci (1953) (baseado na obra de Monteiro Lobato "Pica-Pau Amarelo")
  • O Seminarista (1977) (da obra de Bernardo Guimarães)
  • O Sobrado (1956) (bas. na obra de Érico Veríssimo)
  • O Tempo e o Vento (1985) (da obra de Érico Veríssimo)
  • O Vestido (2003) (bas. no poema "O caso do vestido", de Carlos Drummond de Andrade)
  • O Xangô de Baker Street (2001) (do livro de Jô Soares)
  • Orfeu (1999) (bas. na peça "Orfeu da Conceição", de Vinícius de Moraes)
  • Orfeu Negro (1959) (obra-prima de Marcel Camus; versão da peça "Orfeu da Conceição", de Vinícius de Moraes)
  • Outras Estórias (1999) (da obra de João Guimarães Rosa)
  • Para Viver um Grande Amor (1984) (Inspirado no célebre musical "Pobre Menina Rica" , de Vinícius de Moraes; com Patrícia Pillar e Djavan)
  • Pastores da Noite (2003) (da obra de Jorge Amado)
  • Perdoa-me por me Traíres (1980) (da peça de Nelson Rodrigues)
  • Policarpo Quaresma, herói do Brasil (1998) (da obra de Lima Barreto)
  • Quanto Vale ou é Por Quilo? (2005) (livre adaptação do conto "Pai Contra Mãe"; de Machado de Assis)
  • Quincas Borba (1986) (do livro de Machado de Assis)
  • Sagarana – O Duelo (1973) (da obra de João Guimarães Rosa)
  • São Bernardo (1971) (do livro de Graciliano Ramos)
  • Sargento Getúlio (1983) (da obra de João Ubaldo Ribeiro)
  • Senhora (1976) (do livro de José de Alencar)
  • Sinhá Moça (1952) (baseado no romance de Maria Dezonne Pacheco Fernandes)
  • Soledade (1976) (da obra "A Bagaceira", de José Américo de Almeida)
  • Sonhos Tropicais (2002) (baseado no romance de Moacyr Scliar)
  • Tabu (1982) (encontro de Oswald de Andrade e o compositor Lamartine Babo)
  • Tati (1973) (da obra "Tati, a garota"; de Aníbal Machado)
  • Tenda dos Milagres (1977) (da obra de Jorge Amado)
  • Tieta do Agreste (1996) (baseado na obra de Jorge Amado)
  • Um Certo Capitão Rodrigo (1969) (da obra de Érico Veríssimo)
  • Um Copo de Cólera (1998) (da obra de Raduan Nassar)
  • Um Só Coração (2004) (Rede Globo) (homenagem à cidade de São Paulo. Drama envolvendo os modernistas brasileiros)
  • Vestido de Noiva (2006) (baseado na peça de Nelson Rodrigues)
  • Viagem aos Seios de Duília (1964) (do conto homônimo de Aníbal Machado)
  • Vidas Secas (1963) (do livro de Graciliano Ramos)

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Curiosidades

Apenas 8% do dinheiro do mundo existe como dinheiro físico. 92% existe apenas nos computadores e contas bancárias. 

Baratas podem roer os seus lábios enquando você dorme. 

Melanie Fronckowiak foi eleita em 2008 como a detentora do "bumbum mais bonito do mundo". 

Mover a perna constantemente e roer as unhas é uma forma de aliviar parcialmente o estresse acumulado. 

O custo de produção de um iPhone na China é de 8 dólares. 

Fonte da criatividade de William Shakespeare era a maconha, garantem cientistas. 

Quando as baleias tem relações sexuais 10% do esperma da Baleia macho fica na fêmea e 90% vai para o mar. (Você ja bebeu água do mar?) 

Cerca de 90% das pessoas molha a escova de dentes só depois de já ter colocado creme dental nela. 

Um coração vale US$ 119 mil no mercado negro. 

Sozinho, Bil Gates é mais rico do que 140 países. 

Dever de casa em excesso pode causar estresse, depressão e notas ainda mais baixas. 

Mr Catra tem 24 filhos, é formado em direito e fala 4 idiomas. 

A mente humana passa a maior parte de seu tempo repetindo memórias com o desejo de revivê-las 

95% das pessoas em algum momento da sua vida tentaram fechar a geladeira lentamente para ver quando a luz se apaga 

O japonês que sobreviveu ao acidente do Titanic, foi marcado como covarde no seu país por não ter morrido com os outros passageiros. 

Segundo pesquisadores, as manhãs de segunda-feira são tão deprimente que, em média, as pessoas não sorriem antes de 11:16 am. 

Fidel Castro já dormiu com 35.000 mulheres 

As pessoas nascidas entre 1995-1999 viveram em três décadas, dois séculos e dois milénios. E não tem nem 18 anos ainda 

100% das pessoas que leem esta frase estão vivas. (You Don't Say) 



Apos o fim desse post 99.9% dos homens irao digitar Melanie Fronckowiak no google.

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Origem da Expressão “sem eira nem beira”.


As casas dos mais abastados tinham no telhado dois tipos de acabamento, a beira, "o beiral" e a eira que é o acabamento decorado feito na fachada, e a casa da 
plebe tinha apenas o telhado sem acabamento algum, daí a expressão "sem eira nem beira".