quarta-feira, 29 de julho de 2009

Algumas "curiosidades" sobre os felinos

Ola!
Durante toda a minha infância eu sempre quis ter um gato, porem minha mãe sempre teve um ódio mortal pelos felinos.
Por esse motivo eu nunca pude ter um gato, foram varias as vezes que eu encontrava filhotes de gatos na rua e os levava para casa, porem eles eras sempre expulsos pela minha mãe.




- O gato mais leve do mundo foi um himalaiano de Illinois, que pesava apenas 800 gramas e media 18,4 cm de comprimento e 7 cm de altura.

- Os felinos são grandes dorminhocos. Os gatos chegam a dormir 16 horas por dia, divididas em vários períodos.

- Diferente dos cães, os gatos tem muito pouco ou nenhum cheiro.

- Um gato normal pesa em média 4 KG. O recorde anterior era de Ginger, uma gata de Connecticut que pesava 19,5 KG ao morrer em 1977.

- Por ser um animal do deserto, o gato bebe pouca água e é capaz de concentrar muita urina, necessitando poucas quantidades para sobreviver.

- Para os gatos, a carícia humana assemelha-se a uma lambida, e por isso é tão bem recebida.

- Os gatos passam mais de 30% de seu tempo cuidando da beleza. Adoram estar limpos e com o pelo bem assentado.

terça-feira, 28 de julho de 2009

Pandemia de Lucro

Ola!

Hoje eu vou em um show da cantora Aline Barros, porem estou um pouco receoso com a aglomeração de pessoas,com esse surto de "Gripe Suína" ou "Nova Gripe", toda aglomeação de pessoas deve ser evitada.
Mas mesmo assim eu vou, mais estarei preocupado mesmo assim.
Recebi essa mensagem de uma amiga e pensando bem até que tem rezão.

Abraços e depois eu conto como foi show.


Que interesses econômicos se movem por detrás da gripe suína???


No mundo, a cada ano morrem milhões de pessoas vitimas da Malária que se podia prevenir com um simples mosquiteiro.
Os noticiários, disto nada falam!
No mundo, por ano morrem 2 milhões de crianças com diarréia que se poderia evitar com um simples soro que custa R$ 0,25.
Os noticiários disto nada falam!
Sarampo, pneumonia e enfermidades curáveis com vacinas baratas, provocam a morte de 10 milhões de pessoas a cada ano.
Os noticiários disto nada falam!
Mas há cerca de 10 anos, quando apareceu a famosa gripe das aves... os noticiários mundiais inundaram-se de noticias...
Uma epidemia, a mais perigosa de todas...Uma Pandemia!
Só se falava da terrífica enfermidade das aves.
Não obstante, a gripe das aves apenas causou a morte de 250 pessoas, em 10 anos...25 mortos por ano.
A gripe comum, mata por ano meio milhão de pessoas no mundo. Meio milhão contra 25.
Um momento, um momento... então, porque se armou tanto escândalo com a gripe das aves?
Porque atrás desses frangos havia um "galo", um galo de crista grande.
A farmacêutica transnacional Roche com o seu famoso Tamiflú vendeu milhões de doses aos países asiáticos.
Ainda que o Tamiflú seja de duvidosa eficácia, o governo britânico comprou 14 milhões de doses para prevenir a sua população.
Com a gripe das aves, a Roche e a Relenza, as duas maiores empresas farmacêuticas que vendem os antivirais, obtiveram milhões de dólares de lucro.
-Antes com os frangos e agora com os porcos.
-Sim, agora começou a psicose da gripe suína. E todos os noticiários do mundo só falam disso...
-Já não se fala da crise econômica nem dos torturados em Guantánamo...
-Só a gripe suína, a gripe dos porcos...
-E eu pergunto-me: se atrás dos frangos havia um "galo"... atrás dos porcos... não haverá um "grande porco"?
A empresa norte-americana Gilead Sciences tem a patente do Tamiflú. O principal acionista desta empresa é nada menos que um personagem sinistro, Donald Rumsfeld, secretario da defesa de George Bush, artífice da guerra contra Iraque....
Os acionistas das farmacêuticas Roche e Relenza estão esfregando as mãos, estão felizes pelas suas vendas novamente milionárias com o duvidoso Tamiflú.
A verdadeira pandemia é de lucro, os enormes lucros destes mercenários da saúde.
Não nego as necessárias medidas de precaução que estão a ser tomadas pelos países, mas se a gripe suína é uma pandemia tão terrível como anunciam os meios de comunicação...
Se a Organização Mundial de Saúde se preocupa tanto com esta enfermidade, porque não a declara como um problema de saúde pública mundial e autoriza o fabrico de medicamentos genéricos para combatê-la?
Prescindir das patentes da Roche e Relenza e distribuir medicamentos genéricos gratuitos a todos os países, especialmente os pobres. Essa seria a melhor solução.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Ver primeiro AEROPORTO e logo depois o Vídeo de Aterrissagem...

Ola!
Olhem só o vídeo que eu recebi por e-mail.
Eu fiquei espantado com esse aeroporto.
Tenho até duvidas se esse aeroporto existe mesmo. caso alguem saiba dele faça um comentario.
Agora antes da minha próxima viajem vou ver o local em que vai aterrisar o avião, afinal o seguro morreu de velho.
video

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Burundi por Dentro

Ocenário da paisagem do Burundi foi ofuscado por mais de uma década de guerra civil e genocídio tribal. Pequeno em tamanho, o Burundi é um país equatoriano, sem litoral, no coração do centro-leste da África, na região dos Grandes Lagos, delimitado pelo Lago Tanganica, da República Democrática do Congo, Tanzânia e Ruanda. Terra de colinas onduladas e lagos profundos, o Burundi já foi um excelente destino turístico. No entanto, muitos hoje se preocupam mais com o Burundi de passado trágico do que com seu futuro promissor.

Vários reis tribais governaram o Burundi até 1899, quando o rei Mwezi IV concedeu à Alemanha a soberania da nação, que concordou em mantê-lo como monarca, num esforço para preservar certo grau de poder. No fim da I Guerra Mundial, a Alemanha perdeu para a Bélgica o domínio sobre o Burundi. A Bélgica o uniu com Ruanda, que já era uma colônia belga, criando Ruanda-Burundi.

Em 1959, o Burundi separou-se de Ruanda, independendo-se em 1963, embora só tenha sido possível realizar sua primeira eleição presidencial democrática, em 1993. Apenas cem dias após o início do mandato, o presidente foi morto, junto com o presidente de Ruanda, quando o avião em que viajavam foi atingido por tiros, sobre Kigali, Ruanda. Atribui-se a esse incidente o início da violência étnica generalizada entre as tribos de maioria hutu e minoria tutsi, tanto no Burundi como em Ruanda. Mais de 200 mil burundianos foram mortos e centenas de milhares tornaram-se refugiados.

Hoje, o Burundi é uma das nações mais pobres do mundo. Fomes periódicas devastam o país, pois a maior parte dos burundianos depende da agricultura para sobreviver. Apenas 50% das crianças vão à escola e estima-se que aproximadamente 15% dos adultos estão infectados com HIV/AIDS.   

 
Fonte de pesquisa: Extraido do portal da adventist World em língua portuguesa, disponivel em http://portuguese.adventistworld.org/index.php?option=com_content&view=article&id=355acesso em 15 de Julho de 2009 



segunda-feira, 13 de julho de 2009

Se acabar a maquiagem ...

Ola!
Estou de ferias e estou gostando muito de ter um tempo para mim.
Para começar bem as ferias comecei a namorar Photobucket, uma garota legal e bonita.
Ela não tem o custume de utilizar maquiagem, isso me fez pensar que diversas musas da musica Photobucket e do cinena Photobucket sem maquiagem ficariam irreconheciveis.

***

terça-feira, 7 de julho de 2009

1969 Vs 2009...Importante


É POR ISSO QUE O ENSINO VAI DE MAL A PIOR
           

 
Infelizmente, uma realidade!!!!!
 
Essa pergunta foi a vencedora em um congresso sobre vida sustentável.


"Todo mundo  'pensando' em deixar um planeta melhor para nossos  filhos...  Quando é que 'pensarão' em deixar filhos melhores para o nosso planeta?"

 Gentileza: Passe adiante!

  Precisamos começar JÁ! 

Uma criança que aprende o respeito e a honra dentro de casa e recebe o exemplo vindo de seus pais, torna-se um adulto comprometido em todos os aspectos, inclusive em respeitar o planeta onde vive...


 

 





quinta-feira, 2 de julho de 2009

15 anos: a real idade do Real


Ola,
Quem não gosta de dinheiro?
Ontem fez exatos quinze anos do lançamento do Plano Real, com o objetivo de estabilizar a inflação, o plano se mostrou um sucesso, conseguindo estabilizar a inflação e aumentar o poder de compra dos brasileiros e principalmente maior mérito foi ter acabado com a bagunça na economia brasileira. Após diversos planos econômicos, tablitas, confiscos e outras fórmulas mirabolantes, o governo brasileiro finalmente conseguiu colocar em prática medidas capazes de debelar a hiperinflação.
O programa, elaborado pela equipe econômica do presidente Itamar Franco, teve início em 1993 e foi concluído em 1º de julho de 1994. Era nada menos que o sétimo plano em uma série de tentativas de organizar a economia brasileira, que à época era uma das únicas do mundo com inflação acima de 1.000%, junto com Rússia, Ucrânia e Zaire.

Para se precaver de um possível aumento da procura por papel-moeda, a direção do BC encomendou, discretamente, a impressão de 130 milhões de cédulas de 100 reais na véspera do lançamento da moeda no mercado, em 1º de julho de 1994, ter cédulas em estoque para colocar na praça foi uma estratégia preventiva, que tinha como base o insucesso de seis planos anteriores.